top of page
  • IBAP

Povos Originários da América Latina: Carlos Marés encerrará o Congresso de João Pessoa

O Professor Carlos Frederico Marés de Souza Filho, ex-Presidente da FUNAI e ex-Procurador Geral do Estado do Paraná, confirmou sua participação no 28º Congresso Brasileiro de Advocacia Pública, promovido pelo IBAP em parceria com a Associação dos Procuradores do Estado da Paraíba - ASPAS e a Procuradoria Geral do Estado da Paraíba-PGE/PB.

O ilustre professor da Faculdade de Direito da PUC-PR ministrará a palestra de encerramento do congresso, às 17 horas do dia 16 de agosto (sexta-feira), discorrendo sobre o palpitante tema "Os Direitos dos Povos Originários da América Latina e a Justiça Socioambiental no Antropoceno". A questão indígena vem atualmente recebendo maior atenção no meio acadêmico, sobretudo diante da gravíssima crise climática, ecológica e social enfrentada pelo planeta nas últimas décadas. Nesse contexto, o neoconstitucionalismo andino (Bolívia e Equador) e as obras de autores como Davi Kopenawa e Airton Krenak oferecem um balizamento filosófico e jurídico no sentido do adiamento do fim do mundo.

Carlos Marés é referência obrigatória para todos aqueles que estudam o Direito Socioambiental na América Latina. Foi Presidente da FUNAI e integrou o Instituto Socioambiental. É autor de inúmeras obras sobre o tema, tais como "A Função Social da Terra" (Sérgio Fabris Editor), "A liberdade e outros direitos - Ensaios socioambientais" (editado pelo IBAP & Arte e Letra) e "O renascer dos povos indígenas para o Direito" (Juruá Editora). Presidente do IBAP (2022-2024), Marés foi reconduzido para o cargo por ocasião da última assembleia geral ordinária (mandato 2024-2026).

Carlos Marés - Foto: Instituto Escolhas

58 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page