Revista de Direito e Política

ISSN 2675-8628 (edição eletrônica)

Normas para publicação

Sobre a RDP  -  Edição atual  -  Edições Anteriores

A Revista de Direito e Política publica artigos e textos opinativos sobre as diversas áreas do Direito e da Política, desde que seu conteúdo não contrarie os princípios e objetivos estatutários do Instituto Brasileiro de Advocacia Pública. Serão publicados preferencialmente artigos produzidos por associados regulares do IBAP. Todavia, a revista é aberta também a contribuições de juristas, professores e acadêmicos não associados.


As colaborações devem observar a seguinte política editorial:

 

Remessa de artigos e textos opinativos - A remessa dos textos a serem avaliados pelo Conselho Editorial deve ser realizada por meio eletrônico, via e-mail, para os seguintes endereços (simultaneamente): secretaria@ibap.org. Também poderão ser enviados em arquivo “Word”, gravados em CD, para a Sede Nacional do IBAP. É imprescindível que o autor indique precisamente seu nome, qualificação e endereço postal, inclusive para futura remessa de exemplares da RDP.

Formatação - Os textos enviados à Revista de Direito e Política devem respeitar seguintes regras de publicação: mínimo de 6 e máximo de 35 laudas (A4, Arial 12, espaço 1). Folha: A4; Editor de Texto: Word for Windows 6.0 ou superior; Margens Esquerda, Direita: 3,0 cm; Superior e Inferior: 2,5 cm; Fonte: Arial; Tamanho da Fonte: 12; Espaçamentos anterior e posterior do parágrafo: 0 cm; Espaçamento entre linhas: 1,5; Tabulação do parágrafo: 2,0 cm; Estilo do parágrafo: justificado; Numeração de páginas: a partir da página em que se inicia o texto do artigo.

 

A primeira página do artigo deve conter: a) Título, com palavras maiúsculas, em negrito; b) Nome (s) completo (s) do autor (es), cargo(s), Instituição (ões) à (s) qual (is) pertence(m), e-mail de contato; c) Resumo em português com, no mínimo, 100 e máximo de 150 palavras, alinhamento à esquerda, justificado, contendo campo de estudo, objetivo, método, resultado e conclusão; d) Resumo em outro vernáculo, inglês ou espanhol (opcional); e) Cinco palavras-chave, alinhamento à esquerda, justificado. Havendo resumo em outro vernáculo, constar também palavras-chaves na mesma língua.

 

Texto do Artigo: a) Introdução: parte inicial do texto, em que deve constar a delimitação do assunto objeto do trabalho, objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para contextualização do tema do trabalho; b) Desenvolvimento: parte principal do trabalho, em que se encontra a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em seções e subseções, que variam em razão do método e abordagem do tema; c) Considerações Finais: parte final do texto, em que o autor apresenta as conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses; d) As referências bibliográficas devem ser citadas em nota de rodapé no corpo do texto com indicação do sobrenome, nome, edição, cidade, editora, ano e página da publicação.

 

Quadros, tabelas e diagramas - Devem conter título e fonte, colocados no final do texto, após as referências bibliográficas. Sua posição deve ser indicada no próprio texto, constando referência a eles no corpo do artigo.

 

Avaliação dos artigos - Os artigos são de exclusiva responsabilidade do autor (a). A avaliação dos artigos é de responsabilidade do Conselho Editorial da Revista de Direito e Política. Após a análise do texto enviado, o Conselho poderá propor modificações para a sua adaptação à política editorial da Revista. Os autores serão informados por e-mail sobre o andamento da avaliação e possibilidade de publicação, através de e-mail de contato informado.

 

Direitos Autorais - A remessa do texto pelo autor implica a concordância no sentido de que, em sendo aprovado e publicado, os direitos autorais sobre o texto serão pagos simbolicamente na forma de 2 (dois) exemplares da Revista de Direito e Política que o tiver veiculado. Conforme a Lei de Direitos Autorais (Lei n.° 9.610/98), a reprodução total e parcial dos artigos e das resenhas apresentadas nesta Revista em outras publicações, sem autorização expressa, é proibida. É permitido citar partes dos textos sem solicitação prévia, desde que identificada sua fonte.